CÁ ENTRE NÓS

Por Gregório José
Jornalista e Radialista

 
Planta Imobiliária 
 
Um alvoroço destes porque os vereadores colocaram, de maneira apressada, um projeto para votar. Se tivessem dado ciência ao povo, como sempre o fazem, nada disso teria acontecido.
 
Aprovaram 
 
Tudo bem que os vereadores tenham dado autorização para o projeto tramitar naquela mesma sessão. A lei permite. Mas ficou parecendo “coisa estranha”. O que não era. Mas a maneira é daquelas que levantam suspeição.
 
Lado pessoal 
 
Os questionamentos feitos na Rede Social levaram muitos membros do Poder Executivo ficar “muito bravo”. Falar aos cotovelos e atacar todos que falaram contra a medida. Como se defendesse de um ataque pessoal. O problema é que, da maneira como se posicionou, ficou parecendo que a situação era para defesa e não esclarecimento.
 
Tom raivoso 
 
O som das emissoras de rádio, a turma da defesa (alguns vereadores da defesa e servidores do setor) estavam indignados com o que chegou à mídia. Tomaram que, as informações e questionamentos eram para eles. Mas, volto a escrever, tudo pela forma como se apresentou.
 
Quando é popular 
 
Se a matéria é de interesse público, discute-se antes. Leva-se a público. Expõe com antecedência. Só isso. Esta é a maneira correta de agir “para o bem do povo” e evitar questionamentos. Esta é a mudança que se espera. Discutir, mostrar, conversar e melhorar.
 
Erros do passado 
 
Por que tem vereador falando de dívidas contraídas em outras gestões e, esteve do mesmo lado? Por que esses vereadores não questionaram antes? Não falaram na tribuna quando puderam? Estranho, né?
 
Buffet 
 
Pregão que prevê “possibilidade de uso” em eventos oficiais, lanches, almoços, coffe break e jantares chamou a atenção esta semana. Não pela previsão de possíveis gastos, mas pelo que contém. Filé ao molho madeira com cogumelo. Massas com muçarela de búfala. Croissant!
 
Buffet II 
 
O problema é, porque não valorizar os pratos típicos de nosso município? Por que não fazer as tradicionais mandioca com carne de porco e torresmo? Lasanha de fubá? Frango com Quiabo? Canjiquinha?
 
Buffet III 
Já que é pra algum evento importante, precisa de tanta mordomia? Ou é época de economizar?
 
No passado 
Ah! Temos que licitar. Mas já que é pra melhorar os erros que outros fizeram no passado, este pregão não precisaria nem ser feito. Esta é a mudança real. Água e cafezinho, biscoito de água e sal e pronto! Quer comer algo melhor? Vá aos nossos restaurantes! Pronto, falei!
 
Sobe 
Rede social atenta ao que vem ocorrendo no município. Quando os que foram eleitos ficam quietos, os que não foram trabalham pelo povo. Essa a diferença.
 
Desce 
Servidor público achando que quando a imprensa fala é para atacá-los. Na realidade, servidor, é para dizer: “olha. Isto não pode. Isto está errado”. Só isso. Nada pessoal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*