ENTREVISTA: MARCELINHO, O GAROTO-FENÔMENO DO BICICROSS

Marcelo Rodrigues Feler Guimarães (Marcelinho, ou Cepinha, como também é conhecido), 6 anos de idade, é um verdadeiro fenômeno do Bicicross, representando nossa cidade em todos os campeonatos que disputa. Atualmente participar do Paulista, Mineiro e Copa do Brasil, além de ter vencido o Brasileiro. Seus pais, José Marcelo Feler Guimarães e Aline Silveira R.F. Guimarães, e a irmã Mariana Rodrigues F. Guimarães, ficam emocionados e orgulhosos a cada novo treino, participação em torneio e pódio alcançado. Mas o caminho não é tão simples. Segundo Marcelo e Aline, é difícil para os pais quando a criança quer praticar, porque muitos não deixam ela se dedicar. Temos aprendido muito com o Marcelinho. É gratificante, porque ele é um diamante que estamos lapidando. Apesar de ainda ter muito a aprender, está no caminho certo. Tem que incentivar. Às vezes, tem que tirar a criança do videogame, da TV, da brincadeira com os amigos, para treinar. Mas se é o objetivo, tem que criar a responsabilidade, a rotina, gerar a perseverança, a vontade de querer melhorar sempre, porque o esporte é isso. Hoje, o Marcelinho gosta muito mais do que quando começou. Mas é como uma semente que foi plantada e agora está gerando os frutos. Nada vem por acaso. No Brasil, infelizmente trabalhar com esporte é muito difícil, porque são gastos enormes, com equipamentos, viagens, etc. Mas desde o início venho contando com amigos patrocinadores, aos quais temos que agradecer muito pela ajuda”, explica Marcelo. Ele é o treinador de Marcelinho, levando o garoto para competir, preparando a bicicleta, ajudando a mãe Aline no preparo das viagens, filmando tanto os treinos quanto as competições para ver o que ele está errando e pode melhorar, analisando os adversários, o modelo de pista para a próxima competição para que sejam feitos os ajustes e preparos na bicicleta e nos treinos. Enfim, é muita coisa envolvida, mas os troféus de Marcelinho são frutos deste trabalho.

Marcelinho está mesmo em grande fase. No último domingo (1º), ele participou e venceu mais uma etapa do Campeonato Mineiro de Bicicross em Muriaé, realizado na pista do Horto Florestal, trazendo mais uma medalha, que, junto dos troféus já conquistados, ocupa um lugar considerável em seu quarto. Em breve ele precisará de mais espaço. No evento, algumas categorias que não tinham o mínimo de participantes precisou ser juntada, então Marcelinho participou e chegou na frente até mesmo de participantes de 7 anos. Em sua faixa, Boys 5/6 Anos, foi o campeão. O jornal Folha do Sudeste aproveitou a oportunidade e entrevistou o garoto-fenômeno, mostrando para você, leitor, um pouco das particularidades dele.

JFdS: Há quanto tempo você pratica Bicicross?

Marcelinho: Há 2 anos, desde os 4 de idade. 

JFdS: Como começou seu interesse pelo esporte?

Marcelinho: Era meu sonho praticar, seguir e ganhar a Copa do Brasil. Sempre gostei e meus pais incentivaram. Na família só eu pratico o Bicicross. Quando comecei a ver as competições, gostei e me interessei. Meu pai sempre gostou de esporte, praticava MotoCross. Quando começamos a treinar, ele achou que valia a pena seguir. Então, comecei a competir e não parei mais. 

JFdS: Como é o seu treinamento para as competições?

Marcelinho: Treino no Horto, na Fundação e também em Manhuaçu, na pista. Geralmente são 2 vezes por semana, na terça e quinta, mas às vezes sábado e domingo também. 

JFdS: De quantos campeonatos você já participou e em quais conseguiu vencer?

Marcelinho: Foram muitas participações, as mais importantes foram: Campeão Mineiro na categoria até 6 anos, vice-campeão Carioca e Campeão Brasileiro em uma competição no Rio Grande do Sul. Atualmente estou em 1º lugar no ranking do Campeonato Brasileiro, 2º no do Campeonato Paulista e 1º no Geral da Confederação Brasileira de Ciclismo. 

JFdS: Qual a sensação de competir e o que você sente quando sobe no pódio?

Marcelinho: Muita emoção e alegria, por ver meus pais e meus amigos presentes, me assistindo e incentivando. 

JFdS: Quem são os seus ídolos no esporte?

Marcelinho: Renato Rezende e Igor Martins. 

JFdS: Quais outros esportes você pratica?

Marcelinho: Já fiz natação, mas só pra aprender. Esportes é só o Bicicross mesmo. 

JFdS: Quais dicas você daria para quem quer começar a praticar o Bicicross?

Marcelinho: Tem que comprar a bicicleta, o equipamento completo (camisa, capacete, joelheira, cotoveleira, colete, luva, sapatilha…), treinar muito na pista e variar os locais. E ter muita coragem também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*